Comunicação

A Associação dos Amigos da Oncologia disponibiliza o Serviço de Comunicação para monitorar, organizar e divulgar informações e reproduzi-las para a comunicação interna e externa como meio de validação de sua marca e como prestação social de contas, buscando sempre que possível visibilidade midiática, veiculação positiva da imagem institucional e a captação indireta de recursos tangíveis e intangíveis.

Objetivos

– Assessorar a Diretoria Executiva e definir, com ela, estratégias plenas e eficazes de comunicação;
– Levantar informações sobre as atividades da instituição (projetos, eventos e campanhas);
– Divulgar informações na internet, por meio da “sala virtual de imprensa” (site institucional e redes sociais);
– Pensar, criar, promover, produzir, divulgar e/ou ajudar nas campanhas para arrecadação de recursos materiais ou financeiros;
– Mobilizar a imprensa, a opinião pública e a sociedade para colaborar com a sustentabilidade da associação;
– Estabelecer um fluxo de informações mais intenso e eficaz entre a instituição e seus inúmeros públicos;
– Aprimorar todas as ferramentas poderosas de construção da imagem (ações de relações públicas, de publicidade e de marketing);
– Servir como importante fonte de informação para a empresa e para a sociedade;
– Adentrar na nova era da comunicação total, na qual todas as formas de comunicação se combinam, para atingir alvos determinados.

Público-alvo

Comunicação interna
Mais de 2,3 mil pessoas com câncer atendidas pela associação, bem como seus cuidadores e familiares; mais de 100 voluntários que ajudam a manter os serviços assistenciais, de saúde e a sustentabilidade da instituição sem fins lucrativos; mais de 55 trabalhadores remunerados.

Comunicação externa
Colaboradores ou doadores que ajudam a manter os serviços assistenciais e de saúde da associação; empresariado sergipano que colabora com a manutenção da instituição; imprensa escrita, digital, radiofônica e, sobretudo, a televisiva que ajuda a divulgar as ações institucionais; e a sociedade civil.

Responsável

Jeimy Remir é o assessor de comunicação da AMO. Ele possui graduação em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal de Sergipe. Foi aluno especial de mestrado do Programa de Pós-graduação em Comunicação pela mesma universidade. E tem MBA em Comunicação e Marketing de Mídias Digitais pela Universidade Estácio de Sá. Possui também curso em Advocacy pela Fundação Instituto de Administração, em São Paulo.

Tem experiência em jornalismo impresso, jornalismo online e assessorias de imprensa de entidades governamentais e do Terceiro Setor. Atuou como repórter do Governo de Sergipe. Foi repórter e editor de cultura do Jornal Cinform. Foi, também, analista de comunicação da Petrobras, prestando serviços especializados de informação para MGO Consultoria e Planejamento Ambiental Ltda. nos estados de Sergipe e de Alagoas.

Organizou algumas campanhas de arrecadação de recursos e coordenou a campanha solidária do sorteio do apartamento da AMO. Vem atuando como representante da Femama (Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama) em Sergipe, federação brasileira da qual a AMO é associada. Seu trabalho de “advocacy”, de defesa pelos direitos da mulher com câncer de mama, vem ganhando espaço na imprensa sergipana e é destacado pelos representantes nacionais da Femama.

Responsável, também, pela organização e divulgação do movimento Outubro Rosa em Sergipe, com destaque para abertura oficial no estado, exposição fotográfica, iluminação de monumentos históricos e públicos, vídeo de sensibilização veiculado nas TVs locais, concerto com a Orquestra Sinfônica de Sergipe. Idealizador, divulgador e organizador da 1ª Corrida Outubro Rosa de Sergipe, que aconteceu na Orla de Atalaia, em Aracaju, no último sábado do mês de outubro.

Atualmente, além de se dedicar aos serviços de comunicação institucional e de apoio à gestão voluntária, é coordenador do Projeto Navegação de Pacientes no Hospital e na Comunidade do Cirurgia – uma realização da AMO, parceria do Hospital de Cirurgia e financiamento da Roche Pharma Brasil – com o objetivo de eliminar barreiras do paciente oncológico em situação de vulnerabilidade social, empoderando-o e possibilitando o uso correto e rápido de recursos formais e informais.