AMO em Minha Casa

O projeto “AMO em Minha Casa” possui dois braços: um voltado para a assistência mais aproximada do paciente e seus familiares e outro dedicado para os hóspedes da Casa de Apoio Anna Garcez, mantida há mais de duas décadas pela Associação.

Para o paciente e seus familiares, o projeto oferece visitas domiciliares e hospitalares (quando há necessidade) aos pacientes assistidos pela Associação que estão em tratamento curativo do câncer, mas se encontram com algum tipo de barreira física, emocional ou social de locomoção e, por isso, necessitam dessa assistência para superar as fragilidades decorrentes do tratamento oncológico.

Para os hóspedes da Casa de Apoio Anna Garcez, o projeto busca fortalecer os laços de amizade e desvincular os pacientes em tratamento contra o câncer e seus acompanhantes do sofrimento, da ansiedade, da depressão e da dor.

Justificativa
Esse projeto se justifica pela necessidade de acompanhar mais de perto o paciente em tratamento curativo do câncer em seu domicílio e oferecer assistência social e à saúde na melhor qualidade possível, principalmente nos momentos em que ele não pode se deslocar a até a nossa sede institucional, como por exemplo, no pós-operatório de uma cirurgia oncológica ou por qualquer outra limitação.

E na Casa de Apoio Anna Garcez, o projeto se justifica pela importância de possibilitar a socialização e a interação entre os hóspedes, movimentando suas rotinas de idas e vindas aos hospitais e buscando, sempre que possível, transformar a atmosfera dura do tratamento contra o câncer.

Funcionamento
O projeto AMO em Minha Casa funciona semanalmente, sempre às tardes, tanto na Casa de Apoio Anna Garcez como com visitas domiciliares (e hospitalares, quando houver necessidade) que podem ocorrer uma ou duas vezes em cada semana.

Estratégia
Oferecer a mínima assistência possível e acompanhar o paciente com câncer em tratamento curativo e com barreiras de locomoção em seu próprio domicílio; e na casa de apoio, possibilitar interação entre os hóspedes.

Responsabilidade
Esclarecer dúvidas do paciente e de seus familiares; oferecer o máximo possível da assistência social e à saúde no domicílio do paciente com câncer em tratamento curativo; reforçar os direitos do paciente com câncer; estreitar os laços de acolhimento com a Associação; fortalecer a rede de assistência; encaminhar o paciente e seus familiares para os recursos disponíveis na comunidade onde residem.

Clientes
Pacientes em tratamento curativo e com dificuldade de locomoção e os hóspedes da Casa de Apoio Anna Garcez, mantida há mais de duas décadas pela AMO.

Tempo de Existência
Criado em 2015, o projeto AMO em Minha Casa tem quatro anos de existência.

Localização no Organograma
Grupo Voluntário de Apoio à Gestão – Área Assistencial – Subordinado à Diretoria Executiva (organograma – detalhamento 4.0)

Realizações
Para o paciente e seus familiares: visitas domiciliares; visitas hospitalares; orientação sobre direitos e deveres; acompanhamento personalizado; atenção ao cuidador; encaminhamentos;

Destaque: mais de 70 pacientes beneficiados só no ano de 2018 com as visitas domiciliares na Grande Aracaju (capital Aracaju e região São Cristóvão, Nossa Senhora do Socorro e Barra dos Coqueiros).

Para os hóspedes da Casa de Apoio Anna Garcez: rodas de conversa; momentos de oração; atividades lúdicas e recreativas; passeios; piqueniques; city tour com a parceria da agência de turismo Nozes Tour e a Rent Van Best Transfer; celebração de datas comemorativas.

Recursos
Voluntariado
Diretoria Executiva
Transporte
Parceria com a Agência de Turismo Nozes Tur e com a Rent Van Best Transfer

Equipes
Equipe formada por 13 voluntários: Alessandra Calisto Franco, Alzeni Gama, Arleide Aparecida Rocha, Cátia de Souza, Crisângela Correa, Denise Santos Silva, Eduardo da Conceição, Ivanete Rezende Moraes, Mabel Montalvão, Magally Vicente da Silva, Maria Augusta da Silva, Maria Gilza Gomes, Maria Inez de Andrade.

Nas visitas domiciliares: Alessandra Calisto Franco, Alzeni Gama, Arleide Aparecida Rocha, Cátia de Souza, Crisângela Correa, Denise Santos Silva, Eduardo da Conceição, Ivanete Rezende Moraes, Mabel Montalvão, Magally Vicente da Silva, Maria Augusta da Silva, Maria Gilza Gomes, Maria Inez de Andrade.

Na Casa de Apoio Anna Garcez: Crisângela Correa, Denise Santos Silva, Mabel Montalvão, Magally Vicente da Silva.

Responsável
Denise Santos Silva (voluntária e coordenadora do projeto) – assistente social, graduada em Serviço Social pela Universidade Tiradentes e pós-graduada em Gestão de Pessoas pela Faculdade Pio Décimo.