Ação nacional da Femama reforça importância do acesso igualitário ao tratamento do câncer de mama avançado

04/02/2015

No Dia Mundial do Câncer (4 de fevereiro), a FEMAMA – Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama, anuncia uma ação de mobilização nacional em várias regiões do país. A iniciativa consiste em encaminhar, por meio das instituições associadas à federação, um ofício aos secretários de saúde estaduais e municipais de suas respectivas localidades. O documento, que será entregue nesta quarta-feira (4/2), tem como objetivo sensibilizar e aumentar o engajamento por parte do poder público para as principais questões que envolvam a criação de políticas com foco no acesso igualitário ao tratamento de câncer de mama avançado. A ação ocorrerá simultaneamente em vários estados brasileiros. “Neste Dia Mundial do Câncer, mobilizamos o país e reforçamos a luta da federação para fomentar políticas públicas que facilitem o acesso ao tratamento de câncer de mama avançado no SUS”, explica a médica mastologista Maira Caleffi, presidente voluntária da Femama. “A participação das ONGs associadas em conjunto potencializa o trabalho e coloca em evidência a necessidade de ação das autoridades de saúde”, conclui. O Dia Mundial do Câncer, promovido pela União Internacional de Controle do Câncer (UICC), traz este ano entre seus pilares para melhorar a luta global contra a doença a necessidade de promover o tratamento para todos e ampliar a qualidade de vida dos pacientes, preocupações que motivam a ação coordenada pela Femama para a data. O Dia Mundial do Câncer coloca também em evidência a importância da adoção de um estilo de vida saudável e da valorização das práticas de diagnóstico precoce. ONGs participantes Associação de Combate ao Câncer da Grande Dourados (ACCGD) Dourados (MS) Associação em Educação e Saúde da Mama Jesuína Estrela (AMAJES) São João do Piauí (PI) Associação das Mulheres de Iguatu (AMI) Iguatu (CE) Associação Brasileira de Portadores de Câncer (AMUCC) Florianópolis (SC) Associação Capanemense de Apoio e Prevenção ao Câncer da Mulher (APCM) Capanema (PR) Associação Cascavel Rosa Cascavel (PR) Fundação Laço Rosa Rio de Janeiro (RJ) Rede Feminina de Combate ao Câncer Xanxerê Xanxerê (SC) Rosa e Amor Valinhos (SP) IMAMA Porto Alegre (RS) União e Apoio no Combate ao Câncer de Mama (UNACCAN) São Paulo (SP) Rede Feminina de Combate ao Câncer Xaxim Xaxim (SC) Associação dos Amigos de Prevenção do Câncer (GAMA) Pato Branco (PR) Grupo Beltronense de Prevenção ao Câncer (Mão Amiga) Francisco Beltrão (PR) Associação dos Amigos da Oncologia (AMO) Aracaju (SE) Instituto Desenvolvimento e Valorização Humana (IDVH) São Paulo (SP) Rede Feminina de Combate ao Câncer Maravilha Maravilha (SC) Rede Feminina de Combate ao Câncer União da Vitória União da Vitória (PR) Para Todas as Marias A ação da Femama no Dia Mundial do Câncer está alinhada à campanha “Para Todas as Marias”, que visa garantir o direito igualitário ao tratamento para o câncer de mama avançado no Brasil. Com forte presença no meio digital, o site www.paratodasasmarias.com.br reúne informações sobre os direitos da paciente com câncer de mama avançado, vídeos com depoimentos e um geolocalizador com a indicação de instituições filantrópicas de apoio a mulheres com câncer de mama em todo o país. A página do Facebook “Para Todas as Marias” permite maior interação entre todos os públicos, especialmente pacientes, que buscam nas redes sociais um canal para trocar experiências e levantar informações. Outra iniciativa importante da campanha foi a criação de uma petição on-line. O objetivo da ferramenta, que em pouco tempo já conta com mais de 3 mil assinaturas, é mobilizar a população em prol do tratamento igualitário do câncer de mama avançado, por meio da inclusão no Sistema Único de Saúde (SUS) de um medicamento inovador já comercializado no Brasil e hoje disponível apenas para pacientes que contam com planos de saúde. No Dia Mundial do Câncer, a FEMAMA convoca a participação do público para contribuir com a causa. Para assinar a petição, basta acessar: http://goo.gl/ZgFydB Cenário do câncer de mama no Brasil O câncer de mama ainda é um grave problema de saúde pública. É o tipo de tumor mais comum entre as brasileiras, excluindo os casos de câncer de pele não melanoma, responsável por mais de 57 mil novos casos por ano, conforme dados do Ministério da Saúde para 2015. Segundo dados do Tribunal de Contas da União (TCU), cerca de metade das usuárias do SUS diagnosticadas no país em 2010 já estavam em estágio avançado. O câncer de mama avançado compreende dois estágios: ele pode ser localmente avançado, ou seja, ainda situado na região da mama; ou metastático, quando as células cancerígenas se espalham para outros órgãos, como os pulmões, os ossos ou o fígado. A cura do câncer de mama depende do estágio em que a doença for diagnosticada. No caso de metástase, as chances são menores. Por isso, essa fase da doença é responsável por 90% dos óbitos. O tratamento para câncer metastático é realizado com o objetivo de melhorar a qualidade de vida e promover o controle de sintomas por toda a vida da paciente. Dia Mundial do Câncer O Dia Mundial do Câncer acontece todos os anos no dia 4 de fevereiro, ocasião em que o mundo todo se une para destacar a luta em curso contra o câncer. Essa data foi criada pelo UICC – União Internacional de Controle do Câncer e é muito importante para trazer informações ao público em geral sobre a doença e pressionar os governos a tomar medidas eficazes. O tema da mobilização este ano, Ao Nosso Alcance, estimula a reflexão sobre as soluções para ampliar a eficácia do combate à doença já existirem e estarem ao nosso alcance, sendo necessário colocar agora todo esse conhecimento em prática. A campanha do Dia Mundial do Câncer enfatiza 4 pilares na luta contra o câncer no mundo: a adoção de vida saudável, a prática do diagnóstico precoce, a necessidade de acesso ao tratamento para todos e a promoção da qualidade de vida do paciente oncológico. A Femama A Femama – Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama – é uma entidade sem fins econômicos que concentra uma rede de 58 instituições ligadas à saúde da mama, presentes em 17 estados brasileiros e Distrito Federal, e integra mais de 1 milhão de cidadãos. A Federação atua na articulação de uma agenda nacional única para influenciar a formulação de políticas públicas de atenção à saúde da mama para reduzir os índices de mortalidade por este tipo de câncer no Brasil. *FONTE: FEMAMA

Skip to content