AMIGOS DA ONCOLOGIA CELEBRAM CAMPANHA OUTUBRO ROSA 2018 DISTRIBUINDO ROSAS PARA MULHERES QUE LUTAM CONTRA O CÂNCER DE MAMA

25/10/2018

 

Com o objetivo de abrir o mês e celebrar a campanha internacional do Outubro Rosa, a Associação dos Amigos da Oncologia – AMO reuniu na primeira segunda-feira, dia 1º de outubro, cerca de 400 pessoas em sua sede institucional para celebrar a vida e espalhar positivamente a mensagem da prevenção e da conscientização do câncer de mama e do enfrentamento e do apoio a quem está na luta contra a doença.

Abraçando a Associação e ocupando a rua, o evento de celebração contou com a apresentação da Banda da Polícia Militar do Estado de Sergipe, que foi a grande responsável pela Abertura Oficial do Outubro Rosa em Sergipe; com o show eletrizante do cantor sergipano Luiz Arnaldo e com a mostra de dança cigana desenvolvida por um grupo de mulheres com câncer de mama acolhidas pela instituição.

Para a assistente social Conceição Balbino, presidente-voluntária da Associação, a campanha Outubro Rosa é de alerta, mas também de muita alegria, pois toda a sociedade reconhece a importância do diagnóstico precoce e do enfrentamento à doença. “Eu vivo essa história há 22 anos. E é por me envolver há tanto tempo que reafirmo que essa luta é nossa! Não tem como não ser nossa”, afirma a presidente, destacando a luta de mães, filhas, avós, irmãs, esposas, amigas e companheiras.

DISTRIBUIÇÃO DE ROSAS
Após assistir as exímias performances do grupo de dança da AMO, com a dança cigana e a paródia da música “As Poderosas”, da cantora Anitta, e de dançar e confraternizar ao som contagiante do cantor Luiz Arnaldo, os amigos da oncologia distribuíram rosas para todas as mulheres presentes que venceram o câncer de mama e hoje são vitoriosas e exemplos para tantas outras pessoas e, também, para as pacientes que estão no enfrentamento e na luta contra a doença, em tratamento com quimioterapia ou radioterapia.

A auxiliar de enfermagem Silvania Maria Alves, de 51 anos, moradora da cidade de São Cristóvão, é uma dessas mulheres guerreiras que celebrar a vida na abertura oficial do Outubro Rosa. Com recidiva de câncer de mama combatido há dez anos, Silvania encara novas sessões de quimioterapia para sair ainda mais vitoriosa. “Sou uma guerreira e estou aqui para mostrar que há vida no câncer. Já venci um há dez anos e vencerei novamente. É no abraço do outro que encontro apoio e mais coragem para lutar. Aqui, na AMO, eu me sinto em casa. É maravilhoso”, contou emocionada.

A dona de casa Maria José Vieira, de 57 anos, também tem o mesmo pensamento positivo e demonstração de luta da amiga. Diagnosticada em 2016 com câncer de mama, enfrentou mastectomia, quimioterapia e radioterapia. Hoje, está em acompanhamento e encara a vida com alegria. “Sou muito grata a Deus pela vida. E eu tenho tanto amor pela AMO que não consigo dimensionar. Sem esta organização, não sei como seria…O que levanta cada um de nós paciente é essa instituição aqui”, afirmou Maria José, em agradecimento.

SOBRE A AMO
A Associação é uma organização social, sem fins lucrativos, com mais de duas décadas de fundação, cuja missão é prestar assistência social em oncologia sem discriminação de raça, sexo, credo e idade, beneficiando crianças, adolescentes, adultos e idosos. Atualmente, assiste mais de 2.500 pessoas com câncer, todos usuários do SUS, com origem na capital Aracaju e interior de Sergipe e/ou de cidades do interior da Bahia, de Alagoas e Pernambuco. Desse total de pacientes, mais de 1.700 são mulheres, sendo 880 com câncer de mama.

*Fotos: Acrísia Siqueira

Skip to content