AMO BENEFICIA PESSOAS EM TRATAMENTO DE CÂNCER COM CESTAS BÁSICAS

04/07/2018

Nos primeiras dias de cada mês, a Associação dos Amigos da Oncologia – AMO realiza a entrega de cestas básicas para pessoas com câncer. A cesta de alimentos é um dos inúmeros benefícios e só é concedida para pessoas cadastradas na Associação, que estejam em tratamento oncológico (de quimioterapia e/ou de radioterapia), em Aracaju, através do Sistema Único de Saúde e que se encontrem em situação de vulnerabilidade social.

A Associação confecciona e distribui as cestas com base nas avaliações do Serviço de Nutrição e nos critérios de necessidade identificados pelo Serviço Social, respectivamente. São três tipos de cestas: infantil, adulta e especial. Cada tipo de cesta contém bens alimentícios específicos de acordo com a faixa etária, tipo de câncer e necessidade nutricional do indivíduo.

A cesta básica do tipo infantil é destinada para pacientes com idade de 1 até 18 anos. A cesta adulta é para os pacientes maior de 18 anos, adultos e idosos. E a especial vai para os pacientes com câncer de cabeça e pescoço, cuja deglutição é dificultada em razão agravo da doença ou dos efeitos adversos do próprio tratamento, necessitando assim de alimentação mais líquida ou pastosa.

NÚMEROS
Entre janeiro de 2009 a junho de 2018, a Associação distribuiu 12.738 cestas básicas e beneficiou milhares de famílias. Além das cestas básicas – que se diferem do princípio da Cesta Básica Nacional apontada pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos – Dieese, muitas refeições são servidas na Casa de Apoio, alimentando centenas de pessoas. Só no primeiro semestre deste ano, 7.675 refeições foram servidas e 1.597 pessoas foram beneficiadas.

De acordo com dados coletados pelo Setor de Tecnologia da Informação naquele mesmo período, a Associação já beneficiou diretamente 4.246 pessoas com câncer. Atualmente, assiste 2.385 pessoas, de todas as idades (crianças, adolescentes, adultos e idosos), da capital e interior de Sergipe e de cidades da Bahia, de Alagoas e Pernambuco. Só nos últimos seis meses, 157 novos cadastros foram realizados, uma média de 26 novos casos por mês.

COMO AJUDAR?
A Associação se mantém com doações de pessoas físicas, de pessoas jurídicas e de toda a sociedade. Além da doação de tempo como voluntário e da contribuição de qualquer valor em dinheiro, a organização recebe doações de alimentos não-perecíveis. Todo bem alimentício doado serve para compor as cestas básicas e para manutenção do refeitório da casa de apoio. Para doar, entre em contato pelo telefone 2107.0077 ou se dirija à sede institucional (rua Permínio de Souza, 270, bairro Cirurgia, Aracaju), de segunda a sexta-feira, em horário comercial.

Skip to content