Manifestação de pesar

17/10/2014

É com profundo pesar que os amigos da oncologia se despedem da voluntária Maria do Carmo depois de ela ter sofrido no final da manhã de ontem um atropelamento de carro numa das ruas de maior movimento do centro comercial de Aracaju. Em decorrência da colisão com o carro e da queda de seu corpo no chão, que ocasionou forte impacto com o meio-fio à beira da calçada, Maria do Carmo não resistiu e morreu na hora. Aos familiares e amigos, nossas sinceras manifestações de pesar. Que Deus possa confortar a todos! Em nome dos que fazem a Associação dos Amigos da Oncologia – AMO, onde Maria do Carmo se entregou por inteiro durante anos no voluntariado, e do Hospital Cirurgia, onde ela atuou com disposição, informamos aos amigos que sua última despedida será logo mais, às 11h, na Colina da Saudade. HOMENAGEM “Ninguém nunca sabe quando aquele ‘até logo’ será, na verdade, um verdadeiro adeus”. Essa frase resume muito bem o nosso sentimento de perplexidade e de muita tristeza diante das fatalidades da vida. Talvez, ontem, fosse o dia de mais um ‘até logo’. Mas não foi! Maria do Carmo nos deu, na verdade, adeus. Que Deus lhe receba na sua infinita bondade. A todos nós, ficará a saudade. Saudade da mulher firme e batalhadora e da mãe que mesmo com muitas dificuldades soube bem cuidar dos seus filhos oferecendo a eles muito amor. Saudade da mulher amiga que cativava a todos pelo seu jeito simples e terno de ser. Saudade da voluntária caridosa que dedicou até o último dia de sua vida a levar esperança a quem mais dela precisa. Maria do Carmo, nosso muito obrigado! Descanse em paz. (ASCOM)

Skip to content